Eu quero um Evangelho puro e simples

Iniciamos um novo ano com as cenas e os fatos do passado. Alguns problemas parecem ser flashbacks: são enchentes, soterramentos, artistas que adoecem, escândalos políticos, e agora um terremoto. Vários fatos foram destaque nesse novo ano, porém todos, apesar da dor e do sofrimento daqueles que estão envolvidos direta ou indiretamente, vão cair em um só tema: o mundo necessita da esperança e das boas-novas do Cristo vivo.

Muitas das catástrofes têm um só foco: a degradação sócio-política não só do nosso país, mas também de todo o mundo. O que dizer das enchentes e dos soterramentos em Angra dos Reis, ocorridos em áreas de mananciais, locais esses proibidos para construções, porém pousadas, hotéis e mansões tinham o alvará expedido pelo governo do Estado? Após a catástrofe, todos fogem. Não há um governante sequer que assuma que liberou as construções. Com isso, jovens, velhos e crianças são ceifados em mais uma catástrofe.

Nessa última semana, o mundo se chocou com o terremoto no Haiti. Novamente muita dor e comoção internacional. O mundo se desdobra para enviar equipes de socorro e donativos para socorrer uma das nações mais pobres do mundo. No Haiti, a essência de todos os problemas também está focada através da degradação histórica de uma nação que não consegue se encontrar na sua realidade política.

Tanto no Brasil como no Haiti o sofrimento e a dor estão focados nos problemas sócio-políticos.

Fiquei a pensar nesses dias: em meio a tantas dores, pessoas vivendo à margem de tudo o que há na sociedade, o que leva um pastor que diz amar as almas, que tem o interesse em pregar o Evangelho em todo o mundo, a adquirir um avião de 12 milhões de reais? Será que esse avião será usado para levar donativos, ou para uma grande cruzada em Angra dos Reis ou até mesmo em Porto Príncipe?

Algo está errado. Eu creio em uma vida próspera, mas creio numa prosperidade que não ultrapasse os limites da vaidade. Quando a prosperidade produz luxo, ao ponto de ser usada como o único foco de testemunho de um programa de televisão diário, aí estamos no terreno da vaidade, e a Bíblia nos diz que vaidade mais vaidades para nada se aproveita.

O mundo está necessitando de um Evangelho puro e simples, sem luxo, sem vaidades. Jesus, ao exemplificar todas as riquezas de Salomão, fez uma comparação pura e simples com as flores do campo, e ainda destacou que Salomão, mesmo com todas as suas riquezas, jamais se vestiu como elas. A grande questão é que no Evangelho puro e simples há a necessidade de se esperar pelo tempo, pois nada é como o homem quer, mas sim na vontade de Deus, pois o Evangelho puro e simples foca o caráter, foca a transformação real interior, que se manifesta no tempo de Deus. Não é estar mal-vestido hoje, desempregado, sem dinheiro no bolso e amanhã, num piscar de olhos, adentrar a igreja com roupas de marca, carro importado, testemunhando ser um empresário. No Evangelho puro e simples a transformação é no caráter. Leva tempo, pois exige renúncias. Aquele que mente, não minta mais. Aquele que rouba, não roube mais. Aquele que adultera, não adultere mais.

No Evangelho puro e simples, corações de pedra são transformados em corações de carne. Mortos-vivos passam a viver movidos pelo vento do Espírito que provém de Deus.

Está difícil encontrar esse Evangelho. Está difícil encontrar pregadores que acreditam nesse Evangelho, onde a vontade de Deus é que prevalece. Muitas denominações se perderam em meio ao Evangelho empresarial, e se deixaram levar pelas metas que vão de valores financeiros a número de membros, transformando muitos pastores e pastoras em verdadeiros agentes do “baú da felicidade”.

Com isso, temos aí o Evangelho imediato. Se não há milagres, se não há emoção, se não há fogo, vento e fumaça Deus não está no negócio. Porém, os Evangelhos nos dizem totalmente o contrário.

Ouvimos programas de rádio, de tevê, e não ouvimos sequer o pregador citar um salmo. São pedidos de ofertas, são apelos de compras, e com isso o tempo está passando. Acho que é por isso que o Ap. Paulo citou, por diversas vezes, pregar um outro Evangelho, não o Evangelho de fariseus e saduceus.

Em meio a tantos fatos, creio estar vivendo e acreditando em um outro Evangelho, muito além desse Evangelho que estamos vendo por aí.

Outro dia, recebi uma ligação de meus familiares que moram no interior. Há mais de vinte anos atrás, no início de meu ministério, fui professor da escola bíblica dominical em um bairro muito pobre. As aulas eram ministradas na garagem da casa de uma irmã, local bastante simples e com poucos recursos. Para chegar a esse bairro, era preciso caminhar quase 13 quilômetros. Nos dias de chuva, era preciso muito mais do que fé para caminhar pela longa estrada de terra.

Mas ali havia um grande número de crianças que aos domingos pela manhã estavam firmes e fortes esperando o “tio” Paulo para contar as histórias de Jesus, e no final comerem a pipoca da “tia” Vitória.

Em meio a mais de 80 crianças, dois meninos se destacavam: David e Luis, meninos bastante pobres, criados pela avó, em meio a 9 irmãos. O pai presidiário, a mãe morando em outra cidade dizendo trabalhar, porém se prostituindo. David e Luis eram dois meninos bastante trabalhosos, expulsos de várias escolas, briguentos nas ruas, porém assíduos na escola bíblica. Eram os primeiros a chegar e os últimos a sair. Sempre tinham uma pergunta a mais. Seus olhos brilhavam com a história de Jesus.

Como disse no início, mais de 2o anos se passaram. Nesse telefonema, minha irmã me contou algo que muito me emocionou. Meu irmão foi visitar uma igreja, e lá estava um pregador, que disse meu irmão que se assemelhava muito a mim em seu modo de pregar. Esse jovem pastor começou a contar a história de sua vida. Contou que havia sido criado pela avó junto com 9 irmãos, e que tinha um irmão muito próximo a ele, com 2 anos de diferença, e que eles frequentavam uma escola bíblica. Com o passar dos anos, o irmão David se desviou do Evangelho e partiu para a vida do crime, sendo morto em confronto com a polícia aos 17 anos. Porém ele permaneceu no Evangelho, e disse que tudo quanto aprendera na escola bíblica foi alicerce para toda a sua vida. Hoje casado, com filhos, e pastor de uma igreja, disse jamais se esquecer do “tio” Paulo, que lhe ensinava as lições e as histórias de Jesus. Meu irmão muito se comoveu, porque se lembrou que o “tio” Paulo a quem ele se referia era eu.

Ao ouvir esse relato tão distante em meu passado, me lembrei: esse é o Evangelho puro e simples, que dá frutos ao tempo de Deus, e da forma como Deus bem quer, muito longe dos olhos humanos, para que esses não se envaideçam, mas ao contrário, creiam unicamente na ação de Deus. O Ap. Paulo dizia que para ele o viver é Cristo. Devemos viver para que o mundo veja Cristo através de nós.

É bom saber que minhas palavras são confirmadas por vidas transformadas, e não por momentos vazios de prosperidade material. Não possuo avião nem ternos e carros caríssimos, porém posso testemunhar que Cristo tem transformado vidas através do Evangelho.

Eu creio e também busco avivamento, mas eu creio que um avivamento sem transformação social e política não provém de Deus: são obras de homens, são barulho no meio do caos. Do Haiti vem exemplos de que o mundo necessita muito mais do que momentos de prosperidade pessoal, pois casas, palácios, tudo ruiu em questão de minutos. Necessitamos da paz verdadeira, daquela que o próprio Cristo disse que o mundo não pode dar, muito menos os pregadores da falsa prosperidade.

VOLTEMOS AO EVANGELHO PURO E SIMPLES.
O $HOW TEM QUE PARAR.

Esse post foi publicado em Igreja e Sociedade e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

15 respostas para Eu quero um Evangelho puro e simples

  1. Paulo de Tarso disse:

    Graça e Paz!

    Amado irmão Paulo:

    Essa é a verdadeira semeadura.

    Laus Deo

    • elias vasconcelos de alcantara disse:

      Voltem para a Igreja Católica. Estudem a vida de pastores que estão se convertendo a Igreja Católica.

      • pedrasclamam disse:

        Caro Elias, graça e paz.
        Nós brasileiros, fomos e seremos sempre católicos, isto esta inserido em nossa cultura. Quando me converti ao protestantismo tinha por ideal a liberdade de buscar a Deus de forma aberta e direta no texto bíblico. Porem nem tudo esta sendo como o esperado, mas permaneço na esperança de ver o texto bíblico refletido na realidade do nosso povo, pobre e sofrido.

        Um grande abraço.

        Paulo siqueira

  2. Rosenilda Bandeira de Oliveira disse:

    Dias atrás eu conversava com algumas pessoas sobre a programação da Rede Globo, do padrão de qualidade, da audiência, do investimento gigantesco em publicidade e das inúmeras repetidoras espalhadas no Brasil e no mundo.

    Acontece que a Globo, com todo esse poder de penetração na sociedade e dentro de nossas casas, vem introduzindo, silenciosamente, uma cultura de libertinagem, traição, adultério e rompimento da célula familiar de forma sutil.

    Com o advento do BBB 10 a Globo conseguiu o que ela vinha tentando há muito tempo, o beijo gay ao vivo. Em duas cenas do BBB 10 aconteceram dois beijos Gay e quando um deles foi “líder” a produção do programa teve o cuidado de colocar sobre uma estante a foto do beijo, com isso a Globo faz com que seus fiéis telespectadores vejam o beijo gay como algo comum e engraçado, ou seja, aceitável.
    Agora, nas novelas globais o beijo gay vai acontecer, induzindo esse comportamento aos jovens e adolescentes, induzindo legisladores a criarem leis que abonem tal comportamento.

    No mesmo BBB 10 uma das participantes declarou-se lésbica e com essa declaração todas as demais mulheres do programa se aproximaram dela sendo protagonizado o selinho lésbico no programa e todos os demais a apoiaram sob o manto sagrado do não preconceito.

    Na novela Viver a Vida o tema principal mostrado de forma engraçada e aceitável é a da traição e do adultério.
    A Globo leva ao telespectador ao absurdo de torcer para que um irmão traia o outro ficando com sua namorada.
    A traição nessa novela é a mola mestra da máquina, todos os personagens se traem, e isso é mostrado de forma comum, simples, corriqueiro.

    Mas talvez, a investida mais evidente e absurda esta na novela das 6h, Cama de Gato.
    A Globo superou todos os limites nessa novela ao colocar como tema uma música do grupo Titãs.
    Na música, nenhuma linha de sua letra se consegue tirar algo de poético, de aconselhável pra vida ou de apoio.
    A letra da música faz menção discarada do Inimigo de nossas almas que deseja entrar em nossa casa (coração) e destruir tudo, tirarem tudo do lugar (destruir a célula familiar e nossa fé).

    A música chega ao absurdo de dizer que devemos voltar à mesma prisão, a mesma vida de morte que vivíamos.

    Amados amigos, fica o alerta, às vezes nem nos damos conta do real propósito de uma novela, de um programa, de uma música, e como Jesus esta às portas, as coisas do mal estão cada vez mais evidentes e claras. Até os incrédulos estão percebendo que algo esta errado.

    Aproveito para trazer ao conhecimento a letra dessa música, cuidadosamente escolhida pela Globo para servir de tema da dita novela; música de abertura da novela.

    Vamos deixar que entrem Que invadam o seu lar
    Pedir que quebrem Que acabem com seu bem-estar
    Vamos pedir que quebrem O que eu construi pra mim
    Que joguem lixo Que destruam o meu jardim

    Eu quero o mesmo inferno A mesma cela de prisão – a falta de futuro
    Eu quero a mesma humilhação – a falta de futuro

    Vamos deixar que entrem Que invadam o meu quintal
    Que sujem a casa E rasguem as roupas no varal
    Vamos pedir que quebrem Sua sala de jantar
    Que quebrem os móveis E queimem tudo o que restar

    Eu quero o mesmo inferno A mesma cela de prisão – a falta de futuro
    Eu quero a mesma humilhação – a falta de futuro

    Eu quero o mesmo inferno A mesma cela de prisão – a falta de futuro O mesmo desespero

    Vamos deixar que entrem Como uma interrogação
    Até os inocentes Aqui já não tem perdão
    Vamos pedir que quebrem Destruir qualquer certeza
    Até o que é mesmo belo Aqui já não tem beleza

    Vamos deixar que entrem E fiquem com o que você tem
    Até o que é de todos Já não é de ninguém
    Pedir que quebrem Mendigar pelas esquinas
    Até o que é novo Já esta em ruinas

    Vamos deixar que entrem Nada é como você pensa
    Pedir que sentem Aos que entraram sem licença
    Pedir que quebrem Que derrubem o meu muro
    Atrás de tantas cercas Quem é que pode estar seguro?

    Eu quero o mesmo inferno A mesma cela de prisão – a falta de futuro
    Eu quero a mesma humilhação – a falta de futuro

    Eu quero o mesmo inferno A mesma cela de prisão – a falta de futuro O mesmo desespero

    Imaginem tudo isso entrando em sua casa… Isso tudo é uma maldição.

    Quando você liga sua televisão, você abre uma janela para entrar em sua casa coisas boas ou ruins – isso é uma questão de escolha.

    Imaginem nossas crianças cantando isso? Trazendo isso pra dentro do coração e da alma dela? Imaginem você cantando isso?

    Tente imaginar de onde o compositor dessa música tirou inspiração para compôr tamanha afronta?

    A palavra de Deus é clara quando diz; Quem esta de pé, veja que não caia e ainda: Examinai todas as coisas, retende o que é bom.

    Ai pergunto, parafraseando a própria Bíblia: Pode porventura vir alguma coisa boa da Rede Globo?

    Pense nisso, anuncie isso, faça que essa matéria seja lida por outros. Seja um instrumento nas mãos de Deus, livranduos dessa opressão, dessa falta de futuro, dessa cela de prisão.

    “Foi para LIBERDADE que Cristo nos libertou.” (Gálatas 5.1a)

    Vigiai pois o diabo vosso adversário está rugindo buscando quem possa tragar

    Se tú um guardião(ã) do teu lar.

  3. Rosenilda Bandeira de Oliveira disse:

    Irmão Paulo, me indique, por favor o endereço de sua igreja ou de igrejas que sigam essa filosofia.
    Agradeço e aguardo,
    Rose

  4. MSilva disse:

    Opa, gostaria de te convidar para participar de uma rede de conteúdo, se tiver interesse me adiciona no msn smatosjr@gmail.com ou me manda um email. Abraços Junior

  5. Sérgio disse:

    A Paz…..

    Dinheiro sempre foi o estopim de muitos fatos, mas vejamos onde queremos chegar! A Marcha pra Jesus ocorre a 18 anos, sem apoio nenhum… as Igrejas se reúnem para declarar a unidade da Igreja de Deus em Cristo, agora aparece essa “filosofia?, seita?, religião?….Líderes não sejam opositores…..levem o nome de Jesus acima de qualquer situação! Dinheiro precisamos sim! A Igreja é uma denominação não-governamental e depende de recursos dos fiéis, vocês sabem disso, APOIAMOS SEM DEMAGOGIA EM NOSSOS CORAÇÕES!

    • pedrasclamam disse:

      Sérgio, nosso propósito é desvincular a marcha para Jesus da busca centralizada no poder por parte de alguns líderes e de algumas denominações evangélicas. A marcha deixou de ser para Jesus faz muito tempo.
      A igreja não é uma empresa monetária, Ela se estabelece com a justiça, com o amor e com a luta pela dignidade humana. Dizer que precisa de “dinheiro” é crer no Deus deste mundo. Precisamos sim da prática da misericórdia. Somos a favor da verdadeira marcha que realmente era com o propósito de evangelizar e proclamar o Reino de Deus ao mundo.
      Você, como muitos evangélicos, ainda crê numa igreja que não existe mais. O dinheiro dos fiéis hoje compra aviões, cavalos de raça, e paga viagens de turismo a muitos líderes, e é isso que estamos combatendo e buscamos despertar a igreja brasileira. Não necessitamos de uma evangelho de trocas ou barganhas, não precisamos do poder políticos, ou sustentar as vaidades e luxúrias de alguns líderes para demostrar que a igreja é forte. Precisamos proclamar que Jesus chama os que sofrem e padecem por justiça, e a igreja tem esse compromisso de estender essa mensagem a todos e todas. Precisamos de uma igreja ética, misericordiosa, e para isso é preciso voltar ao evangelho dos verdadeiros apóstolos, aos princípios defendidos pelos pais da igreja. Essa igreja que está aí não reflete o sacrifício de Cristo na cruz, uma igreja mais interessada nos valores do mundo, do que nos princípios bíblicos. Essa é e e será nossa luta agora e sempre. Não somos seita ou outra religião, somos evangélicos que cansamos do misticismo e do discurso enganador de muitos líderes e de muitas denominações, e por isso refletimos o evengelho de Cristo.
      “Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.”

      Oramos para que Deus abra seus olhos para que veja as verdades que envolvem a igreja evangélica brasileira, para isso se for preciso lhe ofereço literatura, pesquisas e fatos reais que descrevem que necessitamos voltar ao primeiro amor.
      Fique na Paz.
      Paulo Siqueira

  6. fabio disse:

    Fala ae galera blz.
    Tive acesso aos videos e achei fantástica a iniciativa de vocês.
    Mas tenho que enfatizar que os videos nada acrescentaram a minha opinião, pois já tinha exatamente a mesma visão em relação a postura das grandes igrejas e o rumo em que elas caminham.
    Coincidentemente nas ultimas semanas andei muito frustrado em relação a isso por que realmente é um sentimento que me afasta da igreja, consequentemente também me afasta de uma vida cristã ideal.
    Já tentei varias vezes me firmar em uma igreja mas sempre acabo tendo esse mesmo sentimento de frustração, quando percebo um culto direcionado a arrecadação de dinheiro.
    Por algum tempo achei que o problema era comigo, achei que eu estava muito apegado ao meu dinheiro, mas depois percebi que Deus me deu sabedoria suficiente pra saber o certo e o errado e realmente o sentimento de que estava tudo errado na forma das igrejas trabalharem o evangelho de forma capitalista, só cresce a cada dia e me sinto cada vez mais incapaz de voltar a uma dessas igrejas.
    Tenho em minha alma o desenho de ser útil a obra do Senhor Deus, mas tenho certeza de que Deus não precisa de forma alguma do meu dinheiro, claro que o dinheiro se faz necessário em alguns momentos, mas de forma alguma ele é indispensável.
    Tenho muita vontade de encontrar algum lugar ou outras pessoas que tenham essa disposição e convicção de que o melhor que Deus quer de mim não é o dinheiro e sim o meus amor e sinceridade para com ele e meus irmãos.(até por que eu sou um duro heheh)
    Espero por mais noticias e iniciativas de vocês.

    Por enquanto boa sorte a todos espero

  7. william dantas disse:

    a maioria das pessoas de hoje estão na igreja buscando aquilo que DEUS pode lhe dar e não pelo que DEUS é e nisso acreditam nos “pregadores da prosperidade” onde DEUS só dá se dermos algo em troca, a palavra de DEUS NOS FALA QUE é pela graça de DEUS E pela sua misericórdia que vivemos e não por méritos, valor do dízimo e oferta mas pela GRAÇA DE DEUS, em no livre de GENESIS CAP. 3 RELATA QUE A PARTIR DE QUANDO O HOMEM PECOU O HOMEM PASSARIA A VIVER DO SUOR DO ROSTO. claro que DEUS TEM ABERTO PORTAS, TEM FEITO MILAGRES NA VIDA DE MUITOS E CAPAZ DE FAZER MUITO MAIS DO QUE PEDIMOS OU PENSAMOS MAS ISSO ACONTECE PELA SUA GRAÇA E MISERICÓRDIA. GRAÇA SIGNIFICA FAVOR IMERECIDO, NÓS NÃO MERECEMOS NADA DEUS POR SUA MISERICÓRDIA INFINITA É QUEM NOS DÁ.
    DEIXAMOS DE LADO TODA ESSA GANÂNCIA POR BENS MATERIAIS E PASSAMOS A TER A PAZ DE CRISTO EM TODA CIRCUNSTÂNCIA DE NOSSAS VIDAS SÓ ASSIM O MUNDO VERÁ JESUS CRISTO VIVENDO EM NÓS.

    • pedrasclamam disse:

      Querido William, Graça e Paz.
      O evangelho puro e simples é também para hoje, pois Cristo é o mesmo de sempre, o p[orem é que muitos estão em busca dos tesouros desta terra.
      Devemos viver um evangelho que seja vivo e presense na vida das pessoas. Há muitos que sofrem, nossa nação tem miseraveis que morrem de fome, e a igreja ainda em muitos lugares não assumiu sua responsabilidade social.
      Nossa luta é por um evangelho sem barganhas, sem mágicas. Um evangelho que lute pela vida e pela dignidade humana, ao invés de enrriquecer seus lideres.
      Nossa luta é ardua, e está apenas começando,

      Deus te abençoe.

      Paulo Siqueira

  8. plinio a. vanzini disse:

    que a PAZ do SENHOR JESUS seja com todos vós. Eu tenho 63 anos, a 15 anos sou servo de
    DEUS e até hoje ainda não encontrei a igreja que procuro, eu fico um pouco numa um pouco
    em outra e assim vou levando uma vida um pouco frustrada, eu toco um pouco de teclado
    também canto um pouco, gosto muito de evangelizar, mas nas igrejas não posso, porque eu
    entendo o evangelho da forma Apostólica: Mt. 17;5 Este é o meu Filho querido….Mt.28;18,19,20
    È me dado todo o poder no céu e na terra, ide fazei discípulos batizando… e ensinando-os
    a guardar ” OS MEUS ENSINAMENTOS” . At. cap.13 até o final do livro, e Fp.2;9,10,11.
    essas passagens bíblicas, mexeram muito comigo e deram um novo rumo a minha vida, quero,
    mesmo nessa idade ser um missionário, levar o evangelho e o louvor puro, espíritual, com amor as almas abatidas. Sou totalmente contra o comércio da palavra e do louvor que hoje domina o mundo evangélico. Quero ser parte de uma igreja missionária, que não esteja firmada em
    templos e, ou “santuários” feitos por mãos humanas, que ficam 24hs. de portas abertas
    esperando sua próxima vítima. Quero ser parte de uma igreja missionária que vai até os
    estão sendo engolidos pelo diabo; nas ruas, nos hospitais, e principalmente nos prezídios.
    Admiro muito o seu trabalho, conte com minhas orações, que DEUS nos abençoe e ilumine
    as nossas mentes para que não nos desviemos de nosso obgetivo; O EVANGELHO!
    plinio.vanzini@gmail.com

    • pedrasclamam disse:

      Querido irmão Plinio, Graça e Paz.
      Meu irmão sua situação é a de muitos, a igreja brasileira ainda não está preparada para aqueles que realmente estão em busca do reino de Deus. Recebo muitos comentários descrevendo a situação da igreja, e também já vivi muitas experiências, em meio a tudo isto a verdadeira igreja ainda existe, está dentro dos corações daqueles que ainda tem esperança de um mundo melhor.
      A igreja renascera com estes que não se deixam levar pelo evangelho das barganhas, mais sim se fortaleze na esperança daqueles que ainda sonham com um mundo melhor.
      Conte conosco, obrigado pelas orações.

      Fiquem na Paz.
      Paulo Siqueira

  9. A quase 500 anos a Igreja Luterana vem pregando o puro e simples evangelho.Dia 31 de Outubro é dia de comemorar os 494 anos da Reforma Protestante,procure uma Igreja Luterana perto de você e faça-nos uma visita.

    http://www.ielb.org.br – Site da Igreja Evangélica Luterana do Brasil
    http://www.luteranos.com.br – Site da Igreja Evangélica de Confissão Luterana do Brasil

    A Paz esteja com todos!

  10. afonso disse:

    Fico muito feliz ,em saber que tem pessoas ,com o mesmo pensamento de ganhar o povo para o reino dos céus.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s