Ofertas ou investimentos: sobre a arrecadação nas igrejas

dinheiro no bolso

Antes de iniciar este artigo, sugiro que assista ao vídeo a seguir (apenas 24 segundos):

Sempre que buscam por apoio financeiro, as igrejas apelam para versículos bíblicos com as palavras “dízimo” e “oferta”. Por serem expressões bíblicas, soa como um ordenamento o fato do fiel transferir parte (ou todo, dependendo da “campanha” – exemplo Fogueira Santa da IURD) do seu salário ou patrimônio como doação para instituições religiosas. Porém, em muitas igrejas o objetivo bíblico dessas doações não é observado (servir aos irmãos mais necessitados), sendo os valores arrecadados investidos na reforma e construção de catedrais nababescas, na compra de jatinhos, iates, helicópteros, haras, fazendas, empresas, bancos, enfim, no enriquecimento pessoal dos seus líderes.

Como o objetivo dessas igrejas não é converter o pecador, mas fidelizar fiéis financiadores, o ensino do porquê dos dízimos e ofertas também é adulterado. Biblicamente falando, o dinheiro deve ser usado para ajudar os necessitados e, como necessitados que são, não poderão retribuir ou devolver o valor doado. Sim, biblicamente falando o dinheiro ofertado é literalmente uma doação, ou seja, uma cessão sem se esperar retorno, sem se esperar nada em troca. Essa lição só quem se converte verdadeiramente a Deus pode compreender, pois deixa de buscar benefícios para si para se alegrar em beneficiar o próximo.

Porém, os fiéis financiadores fidelizados não recebem ensinamento bíblico que promova neles uma conversão de mente. Assim, continuam com a mesma mentalidade de antes de frequentar a denominação. E essa mentalidade é a reinante no mundo: o importante é lucrar, é se dar bem, é ser mais esperto, é ser melhor do que o outro, é ter e não ser. E, com essa mentalidade, uma pessoa não consegue entender que precisa perder algo para ajudar a outra pessoa. Mas entende – e muito bem! – que só vale a pena perder algo se isso for por pouco tempo e com a promessa de remuneração maior mais adiante.

Peço licença para que assista a mais um vídeo antes de continuarmos este artigo (apenas 1 minuto e 27 segundos):

O (im)Pastor Silas Malafaia, mesmo com bigode, já não tinha papas na língua e expôs, de forma bastante clara, os ensinos dessas igrejas fidelizadoras de fiéis financiadores. Para ele, quem oferta biblicamente, sem buscar nada em troca além de agradar a Deus é “trouxa”. E trouxa é sinônimo de mané, idiota, otário e bobo (outras expressões muito usadas por esse impastor para tratar seus adversários de forma pejorativa) e de pessoa que é facilmente enganada, segundo o site Significados.

Mas voltemos ao primeiro vídeo, com o Apóstolo (?) Valdemiro Santiago da Igreja Mundial do Poder de Deus. Nesse vídeo, bem mais recente do que o do Malafaia, o líder já não usa a expressão “oferta”. Fala em “investimento”, palavra que, em si, já traz todo o significado que tanto agrada a fiéis financiadores: a promessa de ter um retorno financeiro superior ao valor inicialmente investido num negócio. E isso é esperado num “negócio”, não numa igreja.

Mas essa é a mentalidade do mundo. Por essa mentalidade, milhões são ganhos e milhões são perdidos diariamente. Pessoas investem suas economias numa financeira que oferece taxas mais altas do que a concorrência, mas não se importam com os riscos, já que só têm olhos para o retorno prometido. É um jogo onde os espertos ganham e os demais saem perdendo. E, aplicado nas igrejas, é um jogo onde os que têm mais fé (os impastores) ganham mais e os que têm menos fé ($) ganham menos ou nada ganham.

Peço licença para um último vídeo (apenas 3 minutos e 31 segundos):

O Apóstolo (?) Estevam Hernandes começa ameaçando o fiel: “você vai querer viver de migalhas? Você vai querer ficar nessa situação?”, sendo que pouco antes ele dava o exemplo de um fiel que, mesmo desempregado, se virou para conseguir o dinheiro para a oferta. Afinal, se não tem dinheiro, que peça emprestado. Mas tem que ofertar para sua Igreja Renascer em Cristo para então conseguir que o líder religioso coloque a “unção” (que obrigaria Deus a escancarar as janelas do céu) sobre o fiel. E, aproveitando sua experiência anterior como vendedor, Estevam Hernandes trabalha com contagem regressiva de unção, para dar a impressão de que a oferta imperdível está acabando e assim forçar a quem possa ter alguma dúvida a correr para o telefone e finalizar o negócio com a empreja.

Sim, empreja. Essas não são igrejas. São emprejas.

Deus, o Verdadeiro, não se compraz com a venda do Seu Santo Santo Santo Nome. Jesus, o Cristo, tratou a chicote os que mercadejavam no templo.

Deixo algumas passagens bíblicas para reflexão:

A religião pura e imaculada para com Deus e Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo. –  Tiago 1:27

Mas é grande ganho a piedade com contentamento.
Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele.
Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes.
Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína.
Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.
Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas, e segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a paciência, a mansidão.
Milita a boa milícia da fé, toma posse da vida eterna, para a qual também foste chamado, tendo já feito boa confissão diante de muitas testemunhas. – 1 Timóteo 6:6-12

E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará.
Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.
E Deus é poderoso para fazer abundar em vós toda a graça, a fim de que tendo sempre, em tudo, toda a suficiência, abundeis em toda a boa obra;
Conforme está escrito: Espalhou, deu aos pobres;a sua justiça permanece para sempre. –  2 Coríntios 9:6-9

Todos os fiéis viviam unidos e tinham tudo em comum.
Vendiam as suas propriedades e os seus bens, e dividiam-nos por todos, segundo a necessidade de cada um.
Unidos de coração freqüentavam todos os dias o templo. Partiam o pão nas casas e tomavam a comida com alegria e singeleza de coração,
louvando a Deus e cativando a simpatia de todo o povo. E o Senhor cada dia lhes ajuntava outros que estavam a caminho da salvação. – Atos 2:44-47

Se você está fazendo “negócios com deus” por ouvir os falsos ensinos de algum pastor, arrependa-se, saia dessa Babilônia e converta-se inteiramente a Cristo. Oferte por amor numa igreja que cumpra os princípios do Evangelho. Ajude aos necessitados, àqueles que não poderão lhe recompensar. E estará juntando tesouros no céu.

Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam;
Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam.
Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.
A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz;
Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!
Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom. – Mateus 6:19-24

As emprejas são as igrejas de Mamom. Não sirva ao senhor errado.

Voltemos ao Evangelho puro e simples,
O $how tem que parar!

A DEUS toda a honra e toda a glória para sempre.

Esse post foi publicado em Igreja e igreja, Igreja e Sociedade e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s