IURD na Marcha para Jesus em São Paulo: conluio gospel para a eleição do presidenciável do partido do Edir Macedo?

marchajezuisiurd

“E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares.” – Mateus 4:9

Eis o versículo-chave da demoníaca Teologia da Prosperidade, seguida por igrejas neopentecostais e algumas pentecostais extraviadas. Um versículo isolado lindo, pois fala de vitória, de riquezas, de ser cabeça e não cauda e ainda fala de adoração, ou seja, tem espiritualidade e dependência de um ser superior no meio. Porém, a beleza do versículo se esvai quando lemos seu contexto, mais propriamente os versículos 8 e 10. E aí nos damos conta de outra passagem bíblica:

“Porque tais falsos apóstolos são obreiros fraudulentos, transfigurando-se em apóstolos de Cristo.
E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz.
Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras.” – 2 Coríntios 11:13-15

Entendida essa pequena introdução, vamos aos fatos.

aad3

Desde 2009, ano em que o Casal Hernandes voltou glorioso após um período prisional nos Estados Unidos, acompanhamos in loco as Marchas para Jesus em São Paulo, evento patenteado pelo Apóstolo (?) Estevam Hernandes. Sim, se você quiser fazer uma Marcha para Jesus em sua cidade, usando esse nome, precisa pedir autorização ($$$?) ao Apóstolo (?). E sinceramente não me recordo de ter visto a IURD (Igreja Universal do Reino de Deus) participando de alguma edição, exceto pelo político e Bispo Marcelo Crivella.

Nos últimos anos, o Apóstolo (?) Valdemiro Santiago da Igreja Mundial do Poder de Deus tem participado das Marchas em São Paulo, inclusive desfilando nos principais trios-elétricos (os primeiros, que carregam as autoridades eclesiais gospel e alguns políticos) e tendo um ou dois trios de sua própria denominação. Fora ele, nas últimas edições a Marcha foi exclusividade da Igreja Renascer em Cristo (do dono do evento gospel).


Marcha para Jesus 2017. A partir do minuto 3:50 a constatação de que havia mais trios-elétricos do que público que os seguisse.

A participação de igrejas nas Marchas é garantia de público. Afinal, os fiéis das grandes emprejas costumam obedecer cegamente a seus líderes e só frequentam os eventos que eles indicam. E eles somente indicam os eventos dos quais fazem parte, obviamente. Assim, nas últimas edições a Marcha para Jesus em São Paulo foi bastante esvaziada de público, pois contemplava majoritariamente os membros da Renascer e da Mundial. Ai se um membro de uma das igrejas não participantes aparece na tevê participando da Marcha!!!

Porém, esse ano a Marcha para Jesus promete um boom de público. Afinal, ninguém menos que o Bispo Edir Macedo se irmanou ao Casal Hernandes na Marcha para Jesus. E o Macedão está investindo bastante (não tanto como na venda de ingressos para seu filme, é claro)!

macedo3

Por ordem do “patrão”, as estrelas da Rede Record gravaram vídeos convidando para a Marcha, algo que jamais aconteceu em todos esses anos. Tem vídeo do Marcos Mion, Sabrina Sato, Gilberto Barros, Otávio Mesquita e até Gugu Liberato. O SBT (que tem trabalhado em conjunto com a Record em alguns projetos) também “liberou” artistas como o Ratinho e o Dudu Camargo para fazerem o convite. Além, é claro dos astros e estrelas gospel que se apresentarão gratuitamente (?), em prol apenas da pregação do Evangelho, como denunciado num artigo da edição passada.

Só para dar um gostinho:

“Causou discussão em plenário da Câmara Municipal, na sessão de ontem, o recurso financeiro utilizado pela Prefeitura para custear um show durante a Marcha para Jesus, realizada na cidade no último sábado. O questionamento refere-se ao cachê pago à empresa Faz Chover Produções Artísticas Ltda, para apresentação do cantor gospel Fernandinho, que se apresentou na Praça Antonio Carlos. Conforme extrato do contrato, publicado no Atos do Governo, foi pago R$ 85 mil ao conjunto musical.” (fonte: Tribuna de Minas)

Ah, mas é bênção pura a IURD participar da Marcha para Jesus! É a união das igrejas para glorificar a Deus e abençoar a cidade de São Paulo!

Será?

“O PRB anunciou nesta terça-feira (27) o lançamento da pré-candidatura do empresário Flávio Rocha, executivo da Riachuelo, à Presidência da República.” (fonte: G1 – Eleições 2018)

E

“No início da campanha eleitoral, líderes do PRB fizeram uma análise realista do que vinha pela frente. Nas duas maiores frentes de disputa, apostavam muito no sucesso do senador Marcelo Crivella, no Rio de Janeiro, e desconfiavam um pouco das chances do deputado Celso Russomanno em São Paulo, apesar da liderança folgada na ocasião. A impressão, apesar de feita sem nenhuma ciência ou base estatística, se confirmou. O PRB ganhou neste domingo, dia 30, a eleição na segunda maior cidade do país. Transformou-se em uma força eleitoral a ser observada.

Flavio-Rocha-2-instagramNo total, o PRB passou de 80 para 105 prefeitos. Firma-se como um projeto ímpar no cenário político, do partido que nasceu fincado na religião, criado e identificado com a Igreja Universal do Reino de Deus, uma das maiores agremiações cristãs neopentecostais do mundo. É natural que Crivella, um dos maiores líderes da igreja e uma aposta antiga dela na política, tenha atingido a maior vitória eleitoral do partido. Contudo, o PRB há tempos se firmou como uma força política à parte da igreja; é um partido onde cabem políticos com potencial eleitoral, a maior parte deles desvinculada da Universal, como é o caso do católico Russomanno, o deputado federal mais bem votado do Brasil em 2014.” (fonte: Revista Época – grifo do blog)

Seria uma grande coincidência que, no ano em que o partido do Edir Macedo resolve lançar um candidato à Presidência (e não um candidato qualquer, mas o dono da rede de lojas Riachuelo) a IURD resolva participar ativamente da Marcha para Jesus em São Paulo?

(pausa para reflexão)

Ah, mas a Marcha para Jesus não tem nada a ver com política, é adoração a Deus!

Será? (vídeos curtinhos que precisam ser vistos)

Acredito que uma parte da multidão que participa da Marcha lá está de coração sincero, buscando agradar a Deus. Outra parte, munida de celulares com bastante memória, lá está para tirar selfies e tentar fotos com seus artistas, líderes e políticos prediletos. E outra parte lá está para obter as benesses que uma multidão de fiéis pode proporcionar.

marcharioComo visto nos vídeos, os políticos participantes não apenas desfilam nos trios-elétricos como são chamados ao palco principal para que o povo “ore” por eles. É sabido que, no linguajar gospel, orar por um político no púlpito significa aprovação do líder para sua candidatura. E como nessas igrejas neopentecostais e em algumas pentecostais a palavra do líder é lei (sob pena de desobediência a Deus, o tal pecado de rebelião), automaticamente os votos dos fiéis são direcionados a quem foram levados a orar.

Assim, não espanta a IURD participar neste ano da Marcha. Os interesses políticos se sobrepõem ao orgulho de ter que participar de um evento de uma empreja concorrente. Marcelo Crivella que o diga.

Só fico pensando como será, caso tanto Edir Macedo como Valdemiro Santiago decidam participar pessoalmente da Marcha (lembrando que o Apóstolo [?] da Mundial também tem seus políticos a eleger). Ficarão em trios-elétricos separados ou cada um em um lado do trio?

Bom seria se a Marcha para Jesus em São Paulo fosse um evento de união das igrejas pelo único propósito de adorar a Deus. Bom seria se não houvesse a idolatria a artistas, pastores e políticos. Bom seria se os políticos que lá fossem se arrependessem de seus maus caminhos e buscassem, a partir daí, governar com justiça e bondade. Bom seria…

Mas a triste realidade é que, mais uma vez, em mais um ano, a multidão que participar da Marcha para Jesus em São Paulo será moeda de troca em conluios escusos na busca incessante pelo poder. Cada cabeça, um voto a ser negociado em nome de Jesus.

E aliás, Jesus só aparece no nome patenteado. É uma marca que dá muito, muito lucro a seus detentores. Mas é uma marca inferior aos donos da Marcha e dos trios elétricos, e o sinal disso é que só eles apareceram, nesses 9 anos em que temos acompanhado o evento, enfeitando os trios.

“E vieram a Jerusalém; e Jesus, entrando no templo, começou a expulsar os que vendiam e compravam no templo; e derrubou as mesas dos cambiadores e as cadeiras dos que vendiam pombas.
E não consentia que alguém levasse algum vaso pelo templo.
E os ensinava, dizendo: Não está escrito: A minha casa será chamada, por todas as nações, casa de oração? Mas vós a tendes feito covil de ladrões.
E os escribas e príncipes dos sacerdotes, tendo ouvido isto, buscavam ocasião para o matar; pois eles o temiam, porque toda a multidão estava admirada acerca da sua doutrina.” – Marcos 11:15-18

“Odeio, desprezo as vossas festas, e as vossas assembleias solenes não me exalarão bom cheiro.
E ainda que me ofereçais holocaustos, ofertas de alimentos, não me agradarei delas; nem atentarei para as ofertas pacíficas de vossos animais gordos.
Afasta de mim o estrépito dos teus cânticos; porque não ouvirei as melodias das tuas violas.
Corra, porém, o juízo como as águas, e a justiça como o ribeiro impetuoso.” – Amós 5:21-24

Voltemos ao Evangelho puro e simples,
O $how tem que parar!

A DEUS toda a honra e toda a glória para sempre.

Em tempo:

“Assim como bem sabeis de que modo vos exortávamos e consolávamos e testemunhávamos, a cada um de vós, como o pai a seus filhos;
Para que vos conduzísseis dignamente para com Deus, que vos chama para o seu reino e glória.” – 1 Tessalonicenses 2:11,12

No dia 31 de Maio estaremos na Marcha para Jesus em São Paulo. Vestiremos camisetas que apontem para a volta à pureza e simplicidade do Evangelho e carregaremos faixas com versículos bíblicos que não agradam aos que usam o Evangelho como mercadoria para proveito próprio. Caso você queira estar conosco nessa aparente solitária missão (pois só na Eternidade saberemos quantos anjos o Senhor colocou ao nosso redor para nos guardar), venha estar conosco. É de graça, e pela Graça tão somente.

Caso deseje, deixe seu contato nos comentários para que possamos combinar.

Deus é, apesar de nós.

Esse post foi publicado em Igreja e Sociedade, Mundinho gospel e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s