Culto ao ar livre em São Paulo e no Rio de Janeiro em 06/10/12 – o $how tem que parar!

Pregação no Rio de Janeiro

No dia 06 de outubro houve cultos ao ar livre nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo. O Movimento pela Ética Evangélica Brasileira saiu às ruas para proclamar o Evangelho de Cristo, o Evangelho da Porta Estreita, o Evangelho que agrada a poucos e traz ódio e ojeriza a muitos, aos muitos que buscam uma igreja que se conforma com o mundo e com ele divide o dinheiro, o poder, a ambição, o egoísmo, a vaidade.

Nós, do movimento, sentimos na pele esse ódio pelo verdadeiro Evangelho. Basta uma frase bíblica que nos faça refletir sobre o propósito real de Jesus ter se dado em sacríficio em nosso lugar para que recebamos olhares de reprovação, haja discussões (e às vezes até agressões físicas), incorram em roubo das faixas com os versículos (na tentativa de “calar” a Palavra, como se ela não estivesse impressa nas Bíblias que esses muitos insistem em não ler, e impressa nos corações daqueles que as leram e as entenderam).

Pregação no Rio de Janeiro

É muito triste chegarmos à conclusão de que é necessário pregar o verdadeiro Evangelho em cidades brasileiras, como Rio, Belo Horizonte e São Paulo. Nessas e em outras cidades, “tropeça-se” em igrejas ditas evangélicas a cada quarteirão. Aqui em São Paulo há algumas situações bem estranhas, como a que ocorria na Av. Águia de Haia, na zona leste, há alguns anos (faz tempo que não passo por lá, então não sei se a situação ainda é a mesma): vizinhas de parede havia não duas, mas três igrejas de denominações diferentes, fora as demais denominações que se espalhavam pela avenida e pelas demais ruas do bairro. Aí fica a pergunta: para que três igrejas grudadas? Será que o objetivo é evangelizar (mas nesse caso as igrejas seriam em lugares diferentes, para melhor espalhar a Palavra), ou fazer concorrência cerrada (como a que ocorre em ruas com lojas que vendem os mesmos tipos de produtos) em busca do maior número de membros dizimistas?

Pregação no Rio de Janeiro

É muito triste ter que pregar nas ruas o Evangelho que deveria ser pregado nos milhares de templos ditos evangélicos deste país. Sem dúvida alguma, muitas igrejas honram a Palavra e honram a Deus, pregando aquilo que Ele ensinou. Porém, outras mais jogam o nome de Jesus na lama ao ensinar heresias, essas muitas vezes tão grotescas que escandalizam até os que não são do Evangelho, fazendo com que se afastem definitivamente de Deus. Essas igrejas e seus pregadores um dia terão que prestar contas a Deus pelas almas que foram desviadas por sua vileza.

Movimento pela Ética Evangélica Brasileira no culto em São Paulo

Abaixo o vídeo da pregação em São Paulo. Da pregação no Rio, há as fotos espalhadas por esse artigo (a propósito, anteontem o pessoal do Rio pregou também em frente ao Hospital do Câncer, levando a Palavra de Deus às famílias dos que ali estão). Sabemos que isso é muito pouco, mas que Deus permita que possa servir de incentivo para que muitos outros se levantem e preguem o que Jesus ensinou.

VOLTEMOS AO EVANGELHO PURO E SIMPLES,
O $HOW TEM QUE PARAR!

Pregação em São Paulo

Esse post foi publicado em Igreja e igreja, Igreja e Sociedade, nova reforma e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s