Milton Schwantes: ao mestre, com carinho

Ontem pela manhã, estive na Universidade Metodista em uma aula, e recebi a notícia de que o Prof. Dr. Milton Schwantes havia falecido. O ambiente era de muita comoção em reflexo ao carinho que todos tinham por esse professor.

Na hora, lembrei-me do texto bíblico de João 11.35, onde Jesus, ao saber da morte de seu amigo Lázaro, chora.

Tive a felicidade de ter o Prof. Milton como professor, mestre e pastor, na minha graduação em Teologia na Faculdade de Teologia Metodista. O Prof. Schwantes é uma referência mundial nos escritos bíblicos, porém quem conviveu com esse homem descobre que o seu conhecimento se manifestava, em amplitude, na sua vocação pastoral.

Com o Prof. Milton, aqueles que estavam a aperfeiçoar sua vocação descobriam que a simplicidade e a humildade precedem todo o conhecimento, pois o que mais aprendi com o Prof. Milton foi reconhecer nas Escrituras o favor de Deus através de Sua Graça para com os pobres e os que sofrem no mundo. Para isso, ele se utilizava do carisma, do afeto e das calmas palavras, que por muitas vezes, além da reflexão, nos tocava no profundo da alma.

O Prof. Milton era aquele professor que não conseguia terminar uma aula sem ser cercado pelos alunos, que sempre tinham algo mais a perguntar e ele, com sua infinita paciência e amor, sempre estava disposto a responder. Mesmo com sua saúde debilitada, era sempre o homem amável, sábio, divertido, que fazia com que aqueles que o ouviam se espantassem e o admirassem pelo que era.

Graças a Deus que o Prof. Milton deixa muitos discípulos e discípulas, homens e mulheres que têm prazer em referir que o teve como mestre. Seu conhecimento só não era maior que a sua simplicidade.

Vou sempre referir este amado homem de Deus, por sua dignidade e por sua vida. Que Deus, nesse momento, conforte seus familiares e todos os demais que, por esse mundo afora, se entristecem neste dia pela perda deste amado irmão.

Que a Glória de Deus receba este homem, que ousou ser praticante daquilo que sempre ensinou.

A Deus, toda a honra e toda a glória.

Paulo Siqueira

Anúncios
Esse post foi publicado em Igreja e igreja, nova reforma e marcado . Guardar link permanente.

3 respostas para Milton Schwantes: ao mestre, com carinho

  1. Josemar PM disse:

    É uma pena não ter conhecido esse homem.
    Que Deus console a família.

  2. Minhas Condolencias,1 Gde perda que o Eterno Console os Familiares!

  3. Laudinei disse:

    Não conheci Milton Schwantes, mas pelo carinho , admiração e respeito com que o Paulo Siqueira falava dele, dá para imaginar o quão especial ele foi.
    L

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s