O diabo é o pai da mentira

“Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.” – João 8.44

Segundo pesquisa publicada pela revista Veja, a grande maioria dos seres humanos faz uso da mentira na sua vida cotidiana, e acredita-se que em determinadas áreas da vida social seja impossível viver sem mentir.

Hoje, muitos são os negócios, os relacionamentos fundamentados na mentira ou em algumas formas de mentira. Um exemplo bastante interessante disso é o filme O Mentiroso, onde o personagem central, um advogado bastante conceituado, faz isso constante da mentira. Porém, um pedido feito por seu filho em seu aniversário faz com que o pai, de forma súbita, passe a só falar a verdade e a ser sincero, fazendo-o incorrer em grandes confusões e situações constrangedoras.

Com isso, se tem a impressão de que uma pessoa correta, sincera e verdadeira só traz problemas. Assim, a sociedade preza pela falsidade e mentira para que haja uma convivência amigável entre as pessoas.

Infelizmente, isso também é refletido no contexto da igreja, principalmente nas suas lideranças. Quantos líderes usam dessa “mentira social”, pois temem que a verdade traga consequências? Quantos testemunhos são acrescidos de uma mentirinha, para dar maior destaque? Quantos relatórios, assembléias? Ou seja, sem percebermos, a mentira social também faz parte da vida cotidiana da igreja, e isso parte das lideranças para os membros.

Utiliza-se da mentira para aumentar a ação de Deus em um culto. Utiliza-se da mentira para expor exageros com relação à igreja.

Esse artigo nasce da idéia de responder ao sr. Silas Malafaia, quando o mesmo se utiliza de um programa de TV para dizer que não houve nenhuma refutação bíblica à sua pregação Uma Vida de Prosperidade. Lamentavelmente, o “sr. Verdade” se utilizou da mentira social para tentar denegrir a imagem dos blogueiros.

Seria até compreensível ele ignorar as refutações, porém se utilizar da mentira é algo bastante triste. Há alguns anos atrás, eu acreditaria que ele estaria “abrindo brechas espirituais”, porém nessa cultura da mentira social, muitos nem sequer têm consciência dos males que a mentira traz ao homem.

Primeiramente é preciso destacar que a mentira é PECADO, pois Deus é a Verdade.

“Ele é a rocha, cuja obra é perfeita, e todos os seus caminhos são justiça, Deus é a verdade e não há Nele injustiça. Ele é justo e reto.” – Deuteronômio 32.4

A mentira desestabiliza a obra de Deus.

“O que usa de engano não ficará dentro da minha casa; o que profere mentiras não estará firme perante os meus olhos.” – Salmo 101.7

A mentira, na Palavra de Deus, é associada às palavras falsidade e engano, pois sua origem remonta no princípio de todos os males. Por isso, a Palavra nos afirma que o próprio diabo é o pai da mentira.

Assim, se alguém julga servir a Deus, que não minta. Nem mesmo na forma social. Que não venhamos a nos associar ao mundo.

No capítulo 8 de João, Jesus, diante dos judeus, os exorta a conhecerem a Verdade, pois todo aquele que conhece a Verdade, verdadeiramente é liberto. Muitos utilizam o texto de João 8.32 para os não salvos, porém Jesus utiliza essa palavra para os judeus, ou seja, aqueles que, cegos em sua religiosidade, criaram para si verdades, verdades essas que os fizeram escravos da mentira. Por isso, Jesus proclama a eles a liberdade. Isso enfureceu os judeus, pois estavam cegos na sua religiosidade.

Assim está o sr. Silas em suas verdades, que fundamentam todo o seu contexto religioso. Não é preciso ir longe para entender o porquê que ele, em seu alto posto “sacerdotal”, não enxergue a verdade dos outros. Porém, a verdade que deve prevalecer é a Verdade de Deus, pois só Ele é realmente a Verdade.

Que não venhamos a nos esquecer do texto de João 8, onde Jesus escreve aos judeus o porquê da mentira proliferar, pois onde há a mentira, há o pecado, há a falsidade, há a morte. Todo aquele que mente, tem por intuito executar seus desejos não importando a qual preço. Mas é preciso lembrar que aquele que mente serve ao pai da mentira.

Por isso, sr. Silas, cuidado. Não com os blogueiros, mas com a justiça de Deus.

“O BRASIL PRECISA DE UMA FAXINA ÉTICA, E ISSO PRECISA INICIAR NA IGREJA EVANGÉLICA E EM SEUS LÍDERES.”

Que Deus os abençoe,

Paulo Siqueira

 

 

About these ads
Esse post foi publicado em Igreja e igreja, Igreja e Sociedade e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s